O Que é Multinível?

       Marketing de Rede

O Marketing Multinível (MMN, Marketing de Rede, Marketing de Relacionamentos, Marketing de Incentivo), também conhecido como Marketing de Rede, já representa mais de 200 Bilhões anuais no mundo (fonte: DSA – Direct Selling Association ). No Brasil, porém, essa onda apenas começou a se formar. Segundo a última divulgação feita pela ABEVD, em 2015 o setor registrou um movimento de R$ 41,6 bilhões no nossos país. O Brasil já é o terceiro maior mercado mundial de Vendas Diretas, embora o Marketing Multinível ainda represente menos de 10% desse faturamento. Parece pouco, mas vale lembrar que o Marketing Multinível dobrou sua participação nos últimos três anos e vem ganhando cada vez mais espaço na mídia.

    O que é Multinível?

      

Trata-se de uma estratégia empresarial de distribuição de bens e serviços, onde a divulgação dos produtos se dá pela indicação “boca a boca” feita por distribuidores independentes. Por esse trabalho, tais distribuidores recebem bônus, que seriam utilizados nas milionárias campanhas de propaganda tradicional. Além da indicação dos produtos, os distribuidores poderão indicar outros distribuidores e, assim, construir uma organização de escoamento de produtos com possibilidades de ganhos ilimitados

Negócio Legítimo, Legal e Ético

Autores consagrados já se renderam ao Marketing de Rede, indicando-o aos seus milhares de leitores e seguidores, por todo o mundo, como uma das melhores alternativas à quem deseja empreender, mas não dispõe de muito capital ou habilidade para gerir toda a complexidade de um negócio tradicional. Entre algumas dessas personalidades do mundo dos negócios, podemos destacar: Donald Trump, Robert Kiyosaki, T. Harv Eker, Roberto Shinyashiki, Lair Ribeiro, Mauro Halfeld, apenas para citar alguns dos mais influentes. Mais abaixo você poderá ver algumas citações feitas por essas pessoas e, inclusive, um discurso do ex-presidente norte-americano, Bill Clinton, referindo-se à indústria do Marketing Multinível.

Reconhecimento da Indústria

O Marketing Multinível surgiu em 1903 e em 1979 tornou-se uma indústria reconhecida, quando o governo americano reconheceu a legitimidade da operação da Amway Corporation, hoje  é a maior empresa de vendas diretas (superando a Avon com mais de cem anos) com faturamento na casa dos 11,3 Bilhões de Dólares no último ano). Desde então, o modelo de negócio do MMN é entendido como uma legal maneira de distribuir bens e compensar desempenhos.
 Nos Estados Unidos, empresas como Coca-cola, Colgate Palmolive, City Bank, entre outras, têm suas próprias divisões de Marketing Multinível ou se utilizam da estrutura de empresas do setor para escoar algumas de suas linhas de produtos, com características pertinentes a esse sistema de vendas.
.

Podemos de verdade fazer fortuna nesse negócio? 

Sim, o Marketing Multinível nos permite sim. Saiba mais acessando o site da FORBES (Revista sobre Negócios e Economia Norte-Americana) e veja uma matéria falando sobre esse tema. Um grande números de milionários no USA fizeram fortunas desenvolvendo esse tipo de negócios.

Site Forbes


Hinode é Esquema de Pirâmide?

 (Legitimidade Comercial do Multinível)
Claro que não, por quase todos os países do globo, milhares de empresas de Marketing Multinível faturam, ano após ano, bilhões de dólares, com total permissividade por parte dos governos e órgãos competentes. Trata-se de uma indústria estabelecida como qualquer outra, que recolhe impostos, gera empregos, oportunidades e riqueza para pessoas e nações.

Click Aqui para aprofundar o assunto

Agora é nossa vez

Embora ainda estejamos “engatinhando” em relação ao Marketing Multinível, o perfil empreendedor do Brasileiro vem fazendo a indústria explodir nos últimos anos. Cada vez mais pessoas entram para esse ter seu próprio negócio e ser dono de si mesmo, dono do seu nariz.
Para endossar a afirmação de que o “momento do Brasil chegou”, além do crescimento geométrico das tradicionais empresas do setor, como Herbalife, Forever Living, Amway Corporation, podemos apontar a entrada de algumas gigantes tradicionais como Unibanco, TAM Linhas Aéreas, Itaú, Polishop e Banco do Brasil.

Abaixo um site mais específico sobre Vendas Diretas


02 Livros que falam sobre o modelo de negócios!

 Saraivanegocio do seculo xxi